Romaria em Monte Alto-SP deve atrair 50 mil fiéis

A 159ª romaria histórica ao santuário da Virgem Montesina, no distrito de Aparecida do Monte Alto (distante 360 quilômetros da capital paulista), deve reunir cerca de 50 mil fiéis entre hoje e amanhã. A romaria teve início em 1848 após o fazendeiro Flávio Antonio de Oliveira ter uma graça atendida em função de uma promessa para Nossa Senhora da Conceição.A primeira cerimônia religiosa em homenagem à santa ocorreu em 8 de dezembro de 1848 no povoado da Capelinha (atual distrito de Aparecida do Monte Alto), em uma capela de pau-a-pique e coberta por sapé. Para a missa, foi trazida de Portugal uma imagem da santa esculpida em cedro com estilo colonial. Atualmente, os romeiros podem ver a imagem durante a procissão, que tem início no santuário e percorre as ruas do distrito até o local onde foi construída a primeira capela.Em virtude de a maioria dos romeiros caminharem durante o percurso, a Concessionária de Rodovias Tebe, que administra as rodovias SP 326, SP 351 e SP 323 - nas regiões de Bebedouro, Catanduva e Taquaritinga - preparou uma estrutura especial para atender aos fiéis em seu Serviço de Ajuda ao Usuário, na praça de pedágio de Monte Alto. Uma equipe atenderá os romeiros com serviço de enfermagem, café, chá, água e suco, além de cadeiras para descanso e sanitários.A programação, que começou hoje, prossegue com uma missa na igreja velha às 23h e outras marcadas para o santuário à 1h, 2h30, 4h, 5h30, 7h, 8h30 e 10h. Às 16h30 de amanhã será realizada a procissão solene e a missa campal. No domingo, acontecem mais duas missas no santuário e uma procissão às 18h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.