Romeiros lotam Iguape e Pirapora do Bom Jesus

Romarias de todo o Estado e de várias regiões do País já lotam as cidades de Iguape, no litoral sul paulista, e Pirapora do Bom Jesus, na Grande São Paulo. Ainda sob os efeitos da visita do papa Francisco ao Brasil, pela Jornada Mundial da Juventude, começam as comemorações em louvor ao Senhor Bom Jesus nas duas principais cidades paulistas dotadas de santuários cristocêntricos (dedicados a Jesus Cristo).

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

30 de julho de 2013 | 18h05

Em Iguape, são esperados 150 mil romeiros até a terça-feira, 6, quando será celebrado o aniversário de 366 anos do encontro da imagem do Bom Jesus. O bispo de Registro, d. José Luiz Bertanha, preside a parte religiosa, com novenas, missas e procissões. A parte festiva inclui feiras, gastronomia e apresentações musicais. Os peregrinos chegam a pé, de bicicleta, cavalo ou moto - como a romaria com 500 motociclistas que tomou o centro no último domingo, 28.

Iguape é uma das cidades mais antigas do Brasil, fundada em 1538 e possui o maior conjunto arquitetônico tombado do Estado. A basílica do Senhor Bom Jesus, tombada em 1975, teve sua construção iniciada em 1787, mas só foi inaugurada em 1856. Conforme a história, a imagem do Bom Jesus foi lançada ao mar de um navio português atacado pelos holandeses em 1647. A escultura de madeira foi encontrada na praia por índios e levada para a então vila de Iguape.

288 anos

Pirapora do Bom Jesus junta à festa religiosa a comemoração dos 288 anos de emancipação, no dia 6. A igreja que sedia os eventos foi consagrada como o primeiro santuário cristocêntrico do Brasil. Uma procissão com carros de boi lembra, sábado, 3, o segundo milagre do Senhor Bom Jesus. Na terça, o santuário terá missas durante o dia todo.

Na parte externa, haverá shows todas as noites, a partir de sexta-feira, 2 - o de encerramento, na terça, será com a cantora Fafá de Belém. A comemoração se estende por todo mês de agosto, com feiras e exposições. A cidade teve origem em agosto de 1725, quando uma imagem do Bom Jesus foi encontrada às margens do rio Tietê. Notícias de milagres começaram a atrair os peregrinos.

Mais conteúdo sobre:
romeirosIguapePirapora

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.