Romney obtém vitória expressiva sobre Santorum em Illinois

O pré-candidato republicano Mitt Romney obteve uma vitória fácil sobre o seu rival Rick Santorum na terça-feira em Illinois, dando mais um passo rumo à indicação partidária para enfrentar Barack Obama na eleição de novembro.

SAM YOUNGMAN, REUTERS

21 Março 2012 | 08h54

A vitória confortável dá impulso à campanha de Romney e reforça seu argumento de que é hora de os republicanos se aglutinarem em torno da sua campanha, encerrando uma disputa interna que está cada vez mais agressiva.

"Eleições são escolhas, e hoje centenas de milhares de pessoas em Illinois se juntaram a milhões em todo o país para aderir à nossa causa", disse Romney a entusiasmados seguidores em Schaumburg, um subúrbio de Chicago.

"Estou oferecendo uma escolha real e um recomeço", disse ele, ressaltando sua experiência empresarial e ignorando seus rivais para focar suas críticas em Obama. "Eu tenho a visão e a experiência para nos tirar desta confusão."

Respondendo a essa postura, Santorum disse a partidários na Pensilvânia, após o anúncio dos resultados, que "não precisamos de um gerente". "Precisamos de alguém que vai arrancar o governo pelas raízes e vai jogá-lo fora."

Com 95 por cento dos votos apurados, Romney tinha 47 por cento dos votos, contra 35 por cento de Santorum. Os demais candidatos, Ron Paul e Newt Gingrich, apareciam bem atrás, em terceiro e quarto lugares, respectivamente.

Embora seja visto com desconfiança pelos conservadores, Romney lidera amplamente a contagem de delegados para a convenção nacional republicana de agosto, com mais do dobro dos convencionais de Santorum.

A campanha do ex-governador de Massachusetts argumenta que os adversários não têm condições de alcançá-lo, e que o Partido Republicano agora deveria voltar suas baterias para a eleição geral.

Pela contagem da CNN, Romney tem 540 delegados, contra 239 de Santorum. O "número mágico" para receber a indicação é de 1.144 convencionais.

Havia 54 delegados em disputa em Illinois, mas Santorum não poderia conquistar muitos deles, por não ter cumprido prazos para inscrever delegados em alguns distritos.

(Reportagem adicional de Samuel P. Jacobs, Deborah Charles, Joanne Allen e Lily Kuo)

Mais conteúdo sobre:
EUAELEICOES ILLINOIS ROMNEY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.