Romney vota e diz se sentir 'ótimo' sobre Ohio

O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, votou em um subúrbio de Boston na manhã desta terça-feira e disse se sentir bem sobre as chances de vencer a disputa.

PATRICIA ZENGERLE, Reuters

06 de novembro de 2012 | 14h45

Depois de votar, Romney beijou a mulher, Ann, despediu-se e partiu para viagens de última hora para Cleveland e Pittsburgh -- cidades nos Estados cruciais de Ohio e Pensilvânia. Romney vestia terno cinza e Ann usava um casaco azul ao votar, lado a lado, em um centro comunitário para idosos.

Perguntado sobre em quem votou, Romney, visivelmente tranquilo e feliz, respondeu: "Acho que vocês sabem".

O ex-governador de Massachusetts, que tem uma casa em Belmont, suburbio de Boston, também foi questionado sobre como se sentia e respondeu: "Muito bem, muito bem". Sobre as perspectivas para Ohio, Romney afirmou: "Me sinto ótimo com relação a Ohio."

Essa foi a primeira vez que Romney falou aos profissionais da imprensa que o acompanham desde 28 de setembro -- um silêncio de cinco semanas.

No fim da manhã de terça, o candidato republicano a vice, Paul Ryan, votou com a família na Biblioteca Pública Hedberg, em sua cidade natal, Janesville, em Wisconsin.

Acompanhado por dois de seus filhos, um Ryan sorridente depositou o voto antes de sair da biblioteca com todos os filhos e partir para encontrar Romney em Cleveland à tarde.

(Reportagem adicional de Susan Heavey, em Washington)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICOESROMNEYVOTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.