Rosas de Ouro faz desfile sem chuva e celebra ano 'depois da tempestade'

Com o samba-enredo "Depois da Tempestade, O Encanto!", a Rosas de Ouro conseguiu concluir seu desfile sem a ''vilã'' do ano passado: a chuva. Em 2014, a escola foi vice-campeã e afirma que foi prejudicada pela forte chuva que caiu no sambódromo.

MONICA REOLOM, Estadão Conteúdo

14 Fevereiro 2015 | 05h05

Antes de entrar na avenida, a musa da escola, Ellen Roche, comemorou o fato de não estar chovendo. "Estou preparada e não tem chuva, estou muito feliz", disse a atriz, que vestia uma fantasia que representava o universo e pesava 20 quilos. "Estou confiante de que vai dar tudo certo", afirmou.

O casal mirim de mestre sala e porta bandeira da escola fez sucesso entre o público. Eles levaram a bandeira azul e rosa da escola, que mostrou como os contos de fadas podem servir de inspiração para a superação.

O terceiro carro alegórico da Rosas de Ouro, por exemplo, representou o conto Alice no país das maravilhas e teve como destaque a rainha de Copas. Os outros contos que a escola apresentou são O Mágico de Oz, Peter Pan e A Bela e a Fera.

Uma das alas da Rosas de Ouro, a do Mágico de Oz, que representava o leão da história, contou com cadeirantes cantando a todo pulmão sobre fé, força e que o céu pode desabar.

Mais conteúdo sobre:
carnaval Rosas de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.