Rosas de Ouro leva o mundo dos contos de fada para a avenida

Após perder o título do carnaval paulistano em 2014 para a Mocidade Alegre por apenas três décimos, a Sociedade Rosas de Ouro volta ao Sambódromo do Anhembi para mostrar o mundo lúdico dos contos de fada. Com o samba-enredo "Depois da Tempestade, O Encanto!", a escola retrata a saga da Rosa que, após ser surpreendida por uma tempestade, é magicamente transportada para o mundo de fantasias.

MARCIA CRISTINA DA SILVA, Estadão Conteúdo

14 Fevereiro 2015 | 03h48

De acordo com o carnavalesco Jorge de Freitas, a ideia para o samba-enredo nasceu de uma situação inesperada enfrentada pela agremiação no ano passado. "A escola estava pronta para entrar na avenida quando começou a chover forte. Vendo as fantasias molhadas, os carros alegóricos encharcados e as pessoas correndo para se proteger, eu imaginei transformar essa situação atípica em nosso tema para 2015", afirmou ele.

A agremiação ressalta que o enredo trata das mensagens motivacionais inseridas nos contos de fada. Com cerca de 3 mil integrantes, a agremiação da Freguesia do Ó quer colorir o Anhembi com azul, rosa e branco e promete levar a plateia a um passeio pela Terra do Nunca, pelo País das Maravilhas e por Óz. A bateria é dirigida pelo mestre Rafael Oliveira, conhecido como Rafael Gordinho. A atriz Ellen Roche é a rainha da bateria.

Campeã do carnaval de São Paulo por sete vezes e vice-campeã nos últimos três anos, a Rosas de Ouro quer espantar a síndrome de vice e faturar o 8º título. O último conquistado pela escola foi em 2010 com o enredo "Cacau é Show".

Confira o samba-enredo da Rosas de Ouro:

Uma tempestade louca

Me deu mais força e poder de superar

Ao cortejo que fascina

Rosa menina mandou me chamar

Deixei... A fantasia me guiar

Pro sonho não faltou coragem

Feito criança me lancei no ar

O que importa o tempo?

Se quem me leva é o vento!

Estrelas vão iluminar o meu caminhar

Lutar! Jogar a partida!

Saber... ganhar ou perder

Ter fé no tabuleiro da vida

Você pode avançar e vencer!

Vem do coração, o verdadeiro olhar

Se o amor prevalecer

Tudo vai se transformar

Verá o arco-íris nascer

O tesouro está dentro de você

A busca da felicidade

O caminho da consagração

Na passarela renasce a minha emoção

Meu encanto vai brilhar, vem ver!

Pode o céu desabar, nada vai me conter

De azul e rosa levanto a bandeira

Pra te exaltar, Roseira!

Mais conteúdo sobre:
carnavalRosas de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.