Rosberg perde a pole 'numa piscada de olhos'

Nico Rosberg ficou frustrado ao perder a pole "numa piscada de olhos" neste sábado, depois de sua melhor performance da temporada em um treino classificatório para o GP da Fórmula 1 da China.

REUTERS

11 Abril 2015 | 10h33

Rosberg se classificou em segundo, atrás de seu companheiro, Lewis Hamilton, que lidera a dobradinha da Mercedes, e não conseguiu evitar que o britânico conquistasse a sua terceira pole consecutiva por apenas centésimos de segundo de diferença.

"Sim, frustrado, por causa dos centésimos hoje", disse Rosberg, cuidando de seu olho esquerdo dolorido, aos repórteres no Circuito Internacional de Xangai.

"A volta nunca foi perfeita, foi uma volta realmente muito boa, foi 99,5%, mas não 100 por cento."

"E, então, quatro centésimos é sempre uma piscada de olho, você sabe. A piscada de um olho ruim", afirmou Rosberg, acrescentando que o seu problema no olho – o qual ele trata há mais de um ano – não afetou a sua pilotagem.

Hamilton fez a sua volta no Circuito Internacional de Xangai em 1min35s782, faturando a sua 41ª pole da carreira e ficando a apenas 0s042 à frente de Rosberg.

(Por Abhishek Takle)

Mais conteúdo sobre:
ESPORTES F1 ROSBERG*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.