Royal Bank of London substituirá corretora Hoare Govett--fonte

O banco britânico Royal Bank of Scotland nomeará uma nova corretora corporativa para substituir a Hoare Govett, que o banco vendeu ao banco de investimentos norte-americano Jefferies em fevereiro, disso à Reuters uma fonte próxima à situação nesta segunda-feira.

REUTERS

28 Maio 2012 | 15h23

O RBS, que é 83 por cento controlado pelo Reino Unido, começará um processo de contratação para encontrar uma nova corretora, disse a fonte, cortando seus laços com a histórica corretora britânica como parte de sua aquisição problemática do banco holandês ABN Amro.

"O RBS começou o processo de contratação para nomear uma nova corretora", disse a fonte.

O JPMorgan, o Goldman Sachs e o Morgan Stanley estão entre os candidatos à função.

O Jefferies, que comprou a Hoare Govett pela taxa nominal de 1 libra em fevereiro, enfrenta obstáculos para manter os maiores clientes britânicos da corretora, já que rivais esperam tirar vantagem de empresas que estão repensando sua escolha de consultores após a aquisição.

O grupo farmacêutico GlaxoSmithKline, a empresa de serviços de segurança G4S e a empresa de petróleo Tullow Oil estão entre os ex-clientes da Hoare Govett que trocaram de corretoras neste ano, embora as três empresas já estivessem revisando sua situação antes da aquisição pelo Jefferies.

Entretanto, a Hoare Govett também conquistou novos negócios. A corretora foi contratada pelo Nord Gold em março após a mineradora russa ter se desmembrado da siderúrgica russa Severstal.

A corretora tem mais de 70 clientes no total incluindo blue chips como a Wm Morrison Supermarkets, a Rolls Royce e o Tate & Lyle.

(Reportagem de Matt Scuffham)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.