RS: bebê é agredida em casa e tem braço quebrado

Uma menina de uma ano e oito meses teve o braço quebrado ao ser espancada na noite desta sexta-feira (29), no Rio Grande do Sul. O crime ocorreu no bairro Divina Providência, na cidade gaúcha de Santa Maria, no norte do Estado. Pai e madrasta foram presos suspeitos da agressão.

LUCAS AZEVEDO, ESPECIAL PARA A AGÊNCIA ESTADO, Estadão Conteúdo

30 Agosto 2014 | 21h29

Desde a quinta-feira os vizinhos vinham ouvindo gritos da menina. Mas foi só no início da noite de sexta-feira que ela foi socorrida. Uma conhecida avisou a mãe que o bebê estava sendo agredido pelo pai. A mulher, que havia se separado do marido há seis meses, toma conta dos outros dois filhos do casal. Em um acordo, o homem ficou com a mais nova.

Ao chegar à residência do ex-marido, a mãe da menina verificou os ferimentos e a levou ao pronto socorro da cidade. A menina foi encontrada com hematomas pelo corpo, no rosto e pescoço, e com o braço direito quebrado.

A polícia foi chamada e prendeu o pai, de 43 anos, e a madrasta, de 52, sob a suspeita de maus tratos. Conforme o Conselho Tutelar, a Justiça será acionada para determinar um paradeiro seguro para o bebê. Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente, as identidades dos pais não foram divulgadas para preservar a menina.

Mais conteúdo sobre:
RS criança agressão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.