Rússia lança satélite militar

A Rússia lançou nesta sexta-feira um satélite militar, um dia depois de o lançamento de um foguete levando um satélite meteorológico europeu ter sido adiado indefinidamente devido a problemas encontrados minutos antes da decolagem, disseram autoridades.O satélite militar foi lançado por um foguete Molniya-M que decolou do Cosmódromo de Plesetsk no norte da Rússia, segundo o porta-voz das Forças Aéreas Alexei Zolotukhin.Não houve problemas no lançamento, mas o foguete colocaria o satélite em órbita fora da zona em que poderia ser monitorado pelas instalações de rastreamento russas, forçando as autoridades a esperar que ele chegue ao seu alcance para determinar o sucesso da missão, disse Zolotukhin.De acordo com a agência de notícias ITAR-Tass, a Rússia possui 94 satélites em órbita, incluindo mais de 50 satélites militares, mas apenas 12 deles ainda estão em operação.O comandante das Forças Aéreas, Coronel Vladimir Popovkin, disse que o exército não possui satélites de reconhecimento suficientes e que um programa para substituir a "velha geração" de satélites militares com novos satélites que funcionarão de 7 a 10 anos deve ser completado nos próximos dois anos, de acordo com a agência. O último satélite militar russo foi lançado em maio.Na quinta-feira, as autoridades adiaram indefinidamente o lançamento de um foguete russo Soyuz-2 que iria colocar uma satélite meteorológico da Agência Espacial Européia, o MetOp-A, em órbita.

Agencia Estado,

21 de julho de 2006 | 12h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.