Rússia não está preparando novas sanções, diz vice-premiê

A Rússia não está trabalhando em um novo pacote de medidas em retaliação às sanções do Ocidente devido ao papel russo no conflito da Ucrânia, afirmou neste sábado o vice-primeiro-ministro russo, Arkady Dvorkovich.

REUTERS

20 Setembro 2014 | 12h34

Governos do Ocidente elevaram as sanções contra a Rússia por ela supostamente estar fornecendo armas a separatistas na Ucrânia, e Moscou já reagiu anteriormente a sanções contra seus setores financeiro e energético.

A medida de retaliação ao Ocidente foi interromper as importações de muitos tipos de alimentos.

O governo russo está considerando mais medidas relativas às indústrias aeronáutica, naval e automotiva, entre outras. Uma das ações que estão sendo avaliadas é a restrição de importações de carros e roupas.

“Elas (sanções) não estão sendo discutidas. Não são prioridade”, afirmou Dvorkovich às agências RIA e Tass.

Mais conteúdo sobre:
RUSSIASANCOESOCIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.