Rússia pode suspender importações de carne brasileira--regulador

A Rússia está considerando suspender as importações de carne bovina do Brasil, devido a temores relacionados à Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), afirmou o órgão de fiscalização de saúde animal e vegetal russo, Rosselkhoznadzor.

Reuters

10 Dezembro 2012 | 19h34

"Nós estamos considerando", disse Alexei Alekseenko, porta-voz do órgão em uma mensagem de texto, evitando fazer qualquer comentário adicional.

O Brasil, tradicionalmente o maior exportador global de carne bovina, forneceu 43 por cento da carne importada pela Rússia de janeiro a setembro deste ano.

O Japão, que praticamente não compra carne bovina brasileira, anunciou uma suspensão de suas importações após o Brasil notificar a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês) sobre a descoberta de uma proteína que seria responsável por causar a EBB, conhedia como "mal da vaca louca".

As autoridades brasileiras afirmaram que a ocorrência, de dois anos atrás, foi um caso "atípico" que não oferece riscos.

A Rússia é o principal importador de carne bovina do Brasil, tendo comprado 230 mil toneladas de um total de 1,02 milhão de toneladas das exportações brasileiras entre janeiro e outubro, de acordo com os últimos dados publicados pelo Ministério da Agricultura do país.

(Reportagem de Polina Devitt)

Mais conteúdo sobre:
COMMODS RUSSIA CARNES BRASIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.