Rússia suspende embargo de dois frigoríficos de frango do Paraná

Dois frigoríficos de frango no Paraná foram liberados para exportar para a Rússia, no primeiro gesto efetivo rumo à suspensão das restrições impostas por Moscou em 2011 a três Estados brasileiros, informou o ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento nesta terça-feira.

Reuters

26 de março de 2013 | 17h16

O ministério, citando informações divulgadas no site do serviço sanitário russo, acrescentou que as duas plantas autorizadas a retomar as exportações estão localizadas nas cidades de Palotina e Matelândia.

Segundo o secretário de Relações Internacionais do ministério da Agricultura, Célio Porto, a liberação desses frigoríficos é o primeiro gesto concreto das autoridades russas "que torna efetiva a suspensão das restrições aos três Estados, anunciadas em novembro do ano passado".

O Ministério da Agricultura havia anunciado no final de novembro a suspensão do embargo parcial, mas representantes do setor argumentaram que a restrição, na prática, ainda prevalecia por falta de habilitação para os frigoríficos nestes Estados.

A restrição entrou em vigor em junho de 2011, quando os russos deixaram de importar qualquer produto de origem animal de unidades frigoríficas dos Estados do Paraná, Mato Grosso e Rio Grande do Sul, alegando questões sanitárias.

(Repoertagem de Laiz de Souza)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSFRIGORIFICOSRUSSIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.