Sacoleiros são assaltados e ficam só com roupa íntima

Um ônibus de sacoleiros, que saiu de Três Lagoas (MS) para compras em São Paulo, foi assaltado por dois bandidos armados na noite desta terça-feira (12), no quilômetro 415 da Rodovia Marechal Rondon, em Guarantã, próximo a Bauru, no centro-oeste paulista. Disfarçados de funcionários da concessionária da rodovia, os bandidos colocaram cones na pista e pararam o veículo. Armados com pistolas, dois ladrões obrigaram o motorista a seguir por outra rodovia, que liga a Ribeirão Preto e pararam o veículo numa plantação de eucaliptos.

CHICO SIQUEIRA, ESPECIAL PARA A AE, Agência Estado

13 de março de 2013 | 15h17

Os passageiros tiveram de descer e foram obrigados a tirar as roupas, ficando apenas com as peças íntimas. Depois de roubar R$ 60 mil em dinheiro, os bandidos trancaram os 31 passageiros, os dois motoristas e o guia turístico no bagageiro do veículo, onde ficaram por cerca de 40 minutos. Um idoso de 66 anos, que foi deixado do lado de fora porque passara mal, conseguiu abrir o bagageiro com orientações passadas pelo motorista.

"Achei que fosse morrer. Mais um pouco e estaríamos mortos porque já estava faltando ar para todos.", contou o comerciante Priscila Figueiredo. Segundo outro passageiro, Rubens Ferreira, os ladrões foram violentos e chegaram a dar coronhadas em alguns passageiros, "mas o pior momento foi quando eles nos trancaram no bagageiro e ameaçaram atear fogo no ônibus", disse. "Por sorte havia o senhor que ficou de fora e conseguiu abrir o bagageiro", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
ladrõesônibussacoleiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.