Safra 14/15 de café do Brasil cairá para 44,25 mi sacas, diz Citigroup

O Brasil, maior produtor de café do mundo, vai colher 44,25 milhões de sacas de 60 kg em 2014/15, disse Sterling Smith, especialista em mercados futuros do Citigroup, revisando em 7 por cento para baixo a estimativa de março e chegando ao piso ante outras estimativas.

Reuters

24 Abril 2014 | 14h54

Após uma seca de janeiro a fevereiro na principal região de cultivo de café arábica do Brasil, Smith estimou a produção de arábica do país em 27,55 milhões de sacas e a de robusta em 16,7 milhões de sacas.

Ele acrescentou que essas previsões serão revisadas devido a circunstâncias incomuns que dificultam fazer estimativas.

Smith disse que suas estimativas foram calculadas com base no período de colheita, usando dados meteorológicos e relatórios de pesquisa em campo sobre tamanho e peso.

No total, as estimativas de produção de café para 2014/15 da safra do Brasil variam entre 40,1 milhões de sacas e 51,5 milhões de sacas.

Na safra anterior, o governo do Brasil apontou uma safra de 49,2 milhões de sacas, embora as estimativas do mercado variem entre 53 milhões e 60 milhões de sacas.

(Reportagem Marcy Nicholson)

Mais conteúdo sobre:
COMMODSCAFECITIGROUP*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.