Saguões do Aeroporto de Cumbica ficam sem cadeiras

As cadeiras instaladas perto dos balcões de check-in nas asas A e D do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, desapareceram. O "sumiço" faz parte de um pacote de mudanças da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que inclui a criação de dois saguões nas extremidades dessas asas. Neles, sim, há cadeiras: são cerca de 250 em cada um, com 40 tomadas para laptop e celular. Mas os espaços estão vazios porque as pessoas não os conhecem.

AE, Agência Estado

19 de dezembro de 2010 | 11h11

Para a Infraero, "as áreas localizadas na frente dos balcões de check-in exigem espaços livres para os passageiros e suas bagagens". A ideia, diz, é incentivar "o imediato deslocamento para as salas de embarque" e concentrar os que esperam seus voos nos salões novos. Eles foram criados em novembro e somaram 440 metros quadrados à área total de Cumbica. Entre as melhorias previstas para o Aeroporto de Cumbica estão ainda novos raios X de bagagens de mão e guichês de verificação de passaportes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
aeroportosCumbicacadeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.