Sai a primeira indenização do acidente da TAM

A TAM pagou a primeira indenização à família de uma das 199 vítimas do acidente do vôo 3054, ocorrido no dia 17 de julho. O dinheiro foi depositado há 15 dias na conta da família de um dos sete funcionários da TAM Express mortos na tragédia. O valor teria ficado na casa dos R$ 600 mil, segundo fontes ligadas à companhia. O diretor executivo da área de sinistros da seguradora Unibanco AIG, Lauriberto Tavares, diz que outros oito acordos estão prestes a ser fechados extrajudicialmente. Desse total, seis estão sendo negociados com famílias de passageiros. Os outros dois dizem respeito a funcionários da TAM. Segundo Tavares, até agora 43 famílias já apresentaram a documentação necessária para que a seguradora apresente uma proposta de indenização. A TAM alugou duas salas, uma em São Paulo e outra em Porto Alegre, para atender as famílias. Até quinta-feira, 169 pessoas haviam sido atendidas, segundo informações da empresa. A TAM pretende terminar o processo de indenização em até dois anos, para evitar um desgaste ainda maior de imagem. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

AE, Agencia Estado

15 de setembro de 2007 | 08h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.