Sai soda, entra gim

Há tantas lendas sobre origem do negroni quantas versões da receita. Mas o que não se discute é que o coquetel nasceu em Florença, na Itália. A versão mais aceita é a contada pelo colunista de bebidas do Wall Street Journal Eric Felton, em How's your Drink? (Agate Surrey, 2007). A história é a seguinte: em 1919, o conde Camillo Negroni, pediu ao barman do Caffè Casoni, Fosco Scarselli, para deixar um pouco mais forte seu coquetel favorito, o americano, feito com Campari, vermute e club soda e zest de limão. O barman trocou o club soda por uma dose de gim, a zest de limão pela de laranja. E o coquetel ganhou o nome do cliente.

O Estado de S.Paulo

06 Dezembro 2012 | 02h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.