SAIBA MAIS-Como será o julgamento do mensalão

O julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre os réus do chamado mensalão terá início em 2 de agosto, quando o ministro-relator do caso fará a leitura de um resumo de seu relatório.

Reuters

27 de julho de 2012 | 16h24

Os votos dos ministros devem ser iniciados a partir do dia 15, segundo cronograma do STF. Não há previsão de data para o encerramento do julgamento.

Veja abaixo como deverão ser as sessões:

DIA 2 DE AGOSTO

No primeiro dia do julgamento, o relator do caso, ministro Joaquim Barbosa, fará a leitura de um resumo de três páginas do relatório. Em seguida, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, terá até cinco horas para se manifestar.

DIA 3 DE AGOSTO

Início das defesas dos 38 réus. Cada advogado terá até uma hora para apresentar as sustentações orais. Serão cinco defesas por dia, em sessões diárias a partir de 6 de agosto.

A PARTIR DO DIA 15 DE AGOSTO

Previsão do STF para início dos votos dos ministros, em sessões que serão realizadas três vezes por semana --às segundas, quartas e quintas-- a partir das 14h.

Não há previsão de quantas sessões serão necessárias para encerrar o julgamento.

ORDEM DE VOTAÇÃO DOS MINISTROS

O relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, será o primeiro a votar. Depois, vota o revisor, ministro Ricardo Lewandowski.

A votação, então, segue por ordem inversa de antiguidade: ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Cezar Peluso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello.

O presidente da Corte, ministro Ayres Britto, será o último a votar.

A ordem poderá ser alterada caso algum ministro faça o pedido de adiantamento de voto.

(Por Hugo Bachega)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.