Sala fecha em Campinas, após 26 anos de atividade

Após 26 anos de funcionamento, o Cine Paradiso, no centro de Campinas, abriu as portas para a última sessão, às 19h20 de quinta-feira, com o filme Amantes (Two Lovers, EUA, 2008).

Tatiana fávaro, O Estadao de S.Paulo

31 Outubro 2009 | 00h00

O gerente Gilberto Gatti afirma que pirataria, falta de dinheiro e de público, concorrência, dívida de ao menos R$ 30 mil e a inexistência de patrocinadores levaram o Paradiso a encerrar as atividades. Os proprietários, Orestes Laércio Junior e Hélcio Henriques, criaram projeto para exibir gratuitamente filmes nacionais fora do circuito comercial, mas não houve interesse do empresariado em patrocinar a ideia.

O funcionário público Eduardo Vitor Soares Pimentel da Silva, de 63 anos, que tinha cadeira cativa na sala, assistiu à última sessão e lamentou o fechamento. "É uma tristeza perder um lugar desse."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.