Samsung investirá US$ 1,9 bilhão em chips de memória

A Samsung Electronics, maior fabricante de chips de memória do mundo, informou na segunda-feira que investirá cerca de US$ 1,9 bilhão de dólares para ampliar produção de microprocessadores, enquanto espera outro ano forte para o segmento. Os fabricantes de chips de memória dinâmica de acesso randômico (DRAM) têm conseguido obter fortes vendas e margens elevadas em meio a uma alta na demanda por computadores. O aguardado lançamento do Windows Vista, que deve ocorrer ainda este mês, é visto pelo mercado como meio de ampliar a demanda por computadores pessoais e por chips de memória mais poderosos. Em comunicado a autoridades que regulam o mercado acionário da Coréia do Sul, a Samsung informou que investirá 819,8 bilhões de wons (US$ 873,5 milhões) para ampliar produção de chips DRAM em uma fábrica do país. Separadamente, a Samsung também divulgou que investirá 999 bilhões de wons (US$ 1,06 bilhão) para atualizar e ampliar a fábrica de memória. Mais cedo, nesta segunda-feira, a fabricante de chips DRAM de Taiwan Powerchip Semiconductor divulgou um salto de 14 vezes em seu lucro trimestral após aumento de preços dos chips. A empresa previu que os embarques de processadores DRAM deverão crescer 65 a 75% em 2007 em relação a 2006. A Samsung divulgou no início deste mês que espera que as entregas de chips DRAM cresça 90% em 2007, ante expansão de 38% em 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.