Sanguinetti fará 'reconstituição' paralela nesta quinta

Legista da defesa disse que vai procurar saber onde estava a camisa com indícios de sangue

MILTON F. DA ROCHA FILHO, Agência Estado

29 de maio de 2008 | 08h40

O perito contratado pela família de Alexandre Nardoni, pai da menina Isabella Nardoni, George Sanguinetti, afirmou que conduzirá, ainda nesta quinta-feira, 29, uma "reconstituição do crime" no apartamento onde a menina foi assassinada. Ele disse que vai procurar saber onde estava a camisa com indícios de sangue, que foi encontrada pela polícia no apartamento, e também levantar todos os resquícios de onde haveria sinais de violência.Segundo o perito, o objetivo será "reconstruir" o que teria ocorrido no apartamento na noite do crime. O perito disse que o apartamento dos Nardoni não foi "mexido", o que facilitará a reconstituição agora. Antes de seguir para o edifício London, na zona norte de São Paulo, Sanguinetti deverá se reunir com os advogados de defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá. Ontem, Alexandre e Anna Jatobá prestaram o primeiro depoimento na Justiça na condição de réus. O casal manteve as versões apresentadas anteriormente, criticou a atuação da polícia no caso e reafirmou inocência.

Tudo o que sabemos sobre:
Caso Isabella

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.