Santander Universidades premia 21

Foram anunciados na última quarta-feira, em São Paulo, os 21 vencedores da 8.ª edição dos Prêmios Santander Universidades de Ciência e Inovação, Empreendedorismo, Universidade Solidária e Guia do Estudante - Destaques do Ano. Ao todo, o Santander Universidades distribuiu mais de R$ 1 milhão em auxílio financeiro e bolsas de estudo internacionais.

BEATRIZ FARRUGIA, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2012 | 02h15

A edição 2012 dos Prêmios Santander Universidades recebeu 10.252 inscrições de 599 instituições de ensino de todo o Brasil, o que representa um aumento de 67% em relação ao ano passado. "Esse número é um recorde absoluto. Se compararmos com os mil projetos inscritos em 2006, isso demonstra que estamos no caminho certo para estimular o empreendedorismo, a pesquisa e a inovação na sociedade brasileira", disse Jamil Hannouche, diretor do Santander Universidades.

Durante a cerimônia de anúncio dos vencedores, o presidente mundial do Santander, Emilio Botín, informou que, em 2013, o valor total da premiação deve chegar a R$ 2 milhões. O evento também contou com a presença do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, do secretário da Educação Superior, Amaro Lins, e de executivos do setores educacional e bancário.

Um dos premiados é Vinícius Gomide de Castro, de 22 anos. Aluno de Engenharia Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Vinícius foi contemplado com R$50 mil para investir em seu projeto de incorporação de nanotubos de carbono em polímeros - vencedor do Prêmio Santander de Empreendedorismo na categoria Empresas de Base Tecnológica. "Esse concurso é muito importante, porque valoriza e reconhece o empreendedorismo e os trabalhos acadêmicos. Hoje tenho um sentimento de dever cumprido", afirmou o estudante, que nunca tinha participado de uma competição acadêmica de grande porte.

Além do prêmio em dinheiro, Vinícius ganhou uma bolsa para estudar empreendedorismo em Boston, nos Estados Unidos. Ele deve realizar esse curso no primeiro semestre do ano que vem, ao lado da professora orientadora de seu projeto, Glaura Goulart Silva, que também tem direito à bonificação.

As universidades com o maior número de alunos inscritos no concurso também foram premiadas. São elas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista Júlio De Mesquita Filho (Unesp), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Presidente Antônio Carlos (Unipac), Centro Paula Souza/Fatec-SP, Centro Universitário Unifafibe e Centro Universitário Uniseb.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.