Santorum e Romney estão próximos mas não superam Obama

Os pré-candidatos republicanos à disputa presidencial dos Estados Unidos Mitt Romney e Rick Santorum disputam palmo a palmo a candidatura, mas nenhum dos dois venceria o atual presidente, Barack Obama, de acordo com várias pesquisas divulgadas nesta quarta-feira.

SUSAN HEAVEY, REUTERS

22 de fevereiro de 2012 | 16h14

As pesquisas Associated Press/GfK e NBC News/Marist indicam que Santorum se aproximou de Romney, visto como o candidato favorito dos republicanos, que ainda têm quatro candidatos de olho na nomeação do partido.

Porém, o governador de Nova Jersey, Chris Christie, afirmou que ainda está sendo procurado por alguns republicanos para entrar na disputa. Uma pesquisa o indicou como favorito caso nenhum dos candidatos atuais obtenha votos suficientes por meio do processo de indicação do partido.

Nem Romney nem Santorum venceriam o democrata Obama, que obteve até 53 por cento de apoio na pesquisa AP, que ouviu mil adultos norte-americanos em todo o país, quando colocado ao lado dos quatro pré-candidatos republicanos remanescentes.

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Newt Gingrich, e o congressista do Texas, Ron Paul, ainda estão na disputa. Todos os quatro candidatos participarão nesta noite de um debate perto de Phoenix patrocinado pela CNN.

O debate ocorre um pouco antes das primárias no Arizona e no Michigan, no dia 28 de fevereiro, abrindo o caminho para a Super Terça, quando 10 Estados organizam votações.

Santorum tem ganhado terreno em relação a Romney em parte porque o debate mudou para questões sociais, como religião e contracepção. O ex-senador republicano foi parar nas manchetes nos últimos dias falando sobre seus valores conservadores. O ex-governador Romney, por outro lado, continuou a falar sobre economia e emprego.

Uma pesquisa da Universidade Quinnipiac também divulgada nesta quarta-feira mostrou que Santorum subiu 9 pontos no país ante seus rivais republicanos, ficando à frente com 35 por cento, comparado com os 26 por cento de Romney. A sondagem também apontou Gingrich com 14 por cento e Paul com 11 por cento.

Em uma possível disputa com Santorum, Obama ainda ficaria na frente, mas com Romney há empate técnico, segundo a unidade de pesquisa da universidade.

Tudo o que sabemos sobre:
ELEICOESEUAPESQUISAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.