Santos Dumont e Cumbica operam por instrumentos

Em nenhum dos dois aeroportos, segundo a Infraero, havia registro de atrasos e cancelamentos

Solange Spigliatti e Ricardo Valota, estadao.com.br

11 Julho 2008 | 07h44

As operações de pouso e decolagem do Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio, e no Aeroporto Internacional de Cumbica, Guarulhos, na Grande São Paulo, estão sendo feitas com a ajuda dos instrumentos, segundo informações da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), na manhã desta sexta-feira, 11. A medida foi tomada devido à forte neblina que cobria as regiões e que prejudicava a visibilidade dos vôos.Em nenhum dos dois aeroportos, segundo a Infraero, havia registro de atrasos e cancelamentos. O aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, operava normalmente para pousos e decolagens. O Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, abriu normalmente às 6 horas desta sexta, operando visualmente para pousos e decolagens, segundo a Infraero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.