Santos Dumont é fechado para pousos de aviões de grandes

Operações para aviões menores estão liberadas; Infraero registra atrasos em 72 vôos em todo o País

Pedro Henrique França, da Agência Estado, e Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

05 de novembro de 2007 | 09h22

O aeroporto Santos Dumont está fechado para pousos e decolagens de aeronaves com mais de 20 toneladas, segundo informações da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). As operações foram restringidas devido ao forte nevoeiro e à chuva que atingia a cidade na manhã desta segunda-feira, 5. De acordo com a Infraero, até às 9 horas desta segunda-feira, 14,4% dos vôos do País tinha atrasos superiores a uma hora. Dos 500 vôos programados, 72 saíram fora do horário previsto. Ainda segundo a Infraero, 25 vôos foram cancelados, o que corresponde a 5% do total. Para os demais aviões, as operações estão normais, desde o horário de abertura, às 6 horas. De acordo a Infraero, sete vôos no Santos Dumont estavam sendo alternados para o Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão. Até as 8 horas, o aeroporto não registrava nenhum vôo com atraso de mais de uma hora. Apenas um vôo havia sido cancelado do total de 13 previstos. Já o aeroporto do Galeão operava com a ajuda de instrumentos, também devido ao forte nevoeiro e a chuva fraca que caía na região. Do total de 28 vôos previstos, seis estavam com horários alterados e dois foram cancelados. Em São Paulo, a situação era tranqüila nos aeroportos de Congonhas e Cumbica, que operavam normalmente. Em Congonhas, na zona sul da capital, dos 42 vôos previstos, cinco estavam com atrasos de mais de uma hora e dois foram cancelados. No Aeroporto Internacional de São Paulo (Cumbica), em Guarulhos, apenas um vôo foi cancelado e seis estavam com atrasos superiores a uma hora, do total de 49 decolagens programadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos Dumontaeroportosmau tempo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.