'Santos não é um bicho de sete cabeças'

Zagueiro Léo diz que o Palmeiras está reagindo e se supera em clássicos

Alex Sabino, O Estadao de S.Paulo

10 de março de 2010 | 00h00

ITU

O Santos é líder do Estadual. Só perdeu uma partida até agora. Tem o melhor ataque da competição (33 gols). Mas o Palmeiras não vê motivos para temer o adversário no clássico de domingo, na Vila Belmiro. Nem com a presença de Neymar e Robinho do outro lado.

"Não é um bicho de sete cabeças (o ataque adversário). Pela superação, pelo Palmeiras estar reagindo e jogar contra o líder, temos mais motivação", afirma o zagueiro Léo. Ele mesmo é um dos que terá a função de anular os mais habilidosos do rival.

Quando o zagueiro diz que seu time está "reagindo", se refere à vitória sobre o Sertãozinho anteontem. Não foram exatamente três pontos empolgantes. O resultado foi comemorado porque a equipe perdia por 2 a 1 e venceu com gol de Cleiton Xavier aos 49 do 2º tempo. "Tivemos poder de reação e isso foi importante. E em clássicos o Palmeiras sempre se supera", diz Léo. A lembrança é o confronto com o São Paulo, o primeiro de Antônio Carlos no comando: vitória por 2 a 0.

Ganhar do Sertãozinho manteve viva a chama de chegar à classificação para as semifinais. O Palmeiras está em oitavo. "Quem joga aqui não pode temer nenhuma equipe grande", diz Lenny.

REFORÇO

O Palmeiras está perto de contratar o lateral-direito Vitor. O clube aceitou ceder três jogadores por empréstimo ao Goiás, pagar o salário destes até o final do ano e dar mais R$ 700 mil. "O negócio já está praticamente certo. Estamos acertando os últimos detalhes", garantiu o presidente do Goiás, Syd de Oliveira.

Falta resolver quem será cedido ao Goiás. O técnico Jorginho, ex-Palmeiras e atualmente na equipe de Vitor, pediu Daniel Lovinho, Wendel e Deyvid Sacconi. Os paulistas gostariam de tirar este último da negociação e colocar Marquinhos, atualmente lesionado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.