São Marcos será cobrada sobre mudança de alunos

O Ministério da Educação (MEC) vai cobrar da Universidade São Marcos, que foi descredenciada, a transferência dos cerca de 1,8 mil alunos da instituição.

O Estado de S.Paulo

24 Março 2012 | 03h03

A pasta exige que a universidade providencie a entrega da documentação, como histórico escolar e ementas de disciplinas, aos interessados em até 90 dias. Ainda deverá se responsabilizar pela guarda do acervo acadêmico.

A oficialização do descredenciamento será publicada na segunda-feira no Diário Oficial da União. As aulas continuavam ontem à noite no câmpus Ipiranga, mas o prédio da Vila Clementino ficou fechado. "Queremos garantir que acabaremos o semestre aqui, nem dá para pedir transferência", diz o estudante Wilson Pereira, de 26 anos.

Estudantes planejavam manifestação hoje na Avenida Paulista. A São Marcos diz que vai se reunir com o MEC na segunda e não descarta recorrer à Justiça contra o fechamento. / P.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.