São Paulo ainda tem ruas sem energia após chuvas

A AES Eletropaulo ainda trabalha para restabelecer o fornecimento de energia em ruas de bairros das zonas oeste e sul de São Paulo, que foram atingidas pela chuva da tarde de domingo e desta madrugada. Em alguns locais, o serviço será mais demorado, pois a chuva provocou a queda de árvores, danificando a rede elétrica.

AE, Agencia Estado

15 de março de 2010 | 16h33

A Eletropaulo trabalha em conjunto com a Defesa Civil, Prefeitura e Corpo de Bombeiros, pois só após a remoção das árvores, o serviço elétrico pode ser restaurado. Por isso, a concessionária tem, no momento, 700 profissionais trabalhando no atendimento das ocorrências geradas pelas chuvas. Esse número é quatro vezes maior do que em dias regulares.

Os principais trechos de ruas com o fornecimento interrompido são: Ruas Sampaio Viana e Oscar Porto (Paraíso) e Ruas Quincas Borba e Menino do Engenho (Saúde).

Entre os trechos de ruas com quedas de árvores estão: Rua Aspicuelta com Rua Simpatia (Vila Madalena); Rua Malvinas com Rua George Saville Dodd (Pinheiros); Rua Bandim com Ubiracica e Rua Angelim com Av. Padre Pereira de Andrade (Vila Leopoldina).

Segundo informações do Centro de Operações dos Bombeiros (Cobom), 95 árvores caíram na cidade entre o começo da tarde de ontem até a manhã de hoje por conta das fortes chuvas que atingiram a cidade no período.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.