Sarney é eleito presidente do Senado

O ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) foi eleito para comandar o Senado, no biênio 2009/2010, derrotando o petista Tião Viana (AC) por 49 votos a 32. A votação secreta contou com a participação de todos os 81 senadores. Sarney, que agora substitui Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), já presidiu o Senado por duas vezes (1995-1997 e 2003-2005) e foi presidente da República de 1986 a 1990. Além de seu partido, o PMDB, Sarney teve o apoio de siglas como o DEM e o PTB. Tião Viana levou o PT, PSOL e PR, entre outros, além da inusitada adesão do oposicionista PSDB, que argumentava querer renovar a Casa. O presidente do Senado, assim como o dirigente da Câmara, influencia na decisão da sucessão presidencial de 2010, pelo poder de dar andamento a projetos presidenciais e pela ascendência nas decisões de seu partido. Sarney vai gerir um orçamento de 2,7 bilhões de reais. (Reportagem de Fernando Exman)

REUTERS

02 de fevereiro de 2009 | 13h53

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICASENADORESULTADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.