Sarney é internado com quadro de gastroenterite

Presidente do Senado passou mal durante audiência e fica quatro horas em observação

Rosa Costa e Carol Pires, BRASÍLIA, O Estadao de S.Paulo

27 de novembro de 2009 | 00h00

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), permaneceu ontem por quatro horas em observação no Centro Médico da Casa, após sentir-se mal por volta das 11 horas, quando recebia em audiência o presidente da Conferência Consultiva Política do povo Chinês, Jia Qinglin. Sarney saiu do encontro direto para o posto médico. As primeiras informações divulgadas por sua assessoria era que o senador, de 79 anos, teve "um pequeno mal-estar", pouco depois identificado como sendo um "quadro de gastroenterite".

O boletim divulgado por volta das 14 horas, pelo diretor do centro médico, Roberto Rodrigues Ramalho, confirmou o diagnóstico, acrescentando que naquele momento, o senador encontrava-se "em observação clínica pós uso de medicação específica". Por um equívoco, mais tarde corrigido, o boletim trazia a data de 29 de maio de 2009. Sarney passou por exames de raio X e ecografia e, ainda, medição da taxa de açúcar no sangue.

A Presidência do Senado chegou a pedir à Força Aérea Brasileira que mantivesse um avião de plantão para o caso de Sarney precisar ser transferido para outro hospital fora de Brasília. Logo em seguida, porém, o avião foi dispensado, segundo sua assessoria, porque o diagnóstico mostrou não ser necessária sua remoção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.