Saúde mobiliza 350 profissionais para ajuda ao RJ

O Ministério da Saúde anunciou hoje que mobilizou 50 voluntários dos seis hospitais federais do Rio de Janeiro (Andaraí, Bonsucesso, Cardoso Fontes, Lagoa, Ipanema e dos Servidores) para atuar nas regiões atingidas pelas enchentes na região serrana do Estado. Além disso, o ministério deixou 300 profissionais de saúde (médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem) de prontidão para o atendimento hospitalar.

AE, Agência Estado

13 de janeiro de 2011 | 19h06

"Todas as equipes dos hospitais federais e equipes que foram mobilizadas para Alagoas, Pernambuco e Haiti estão à disposição do governo do Estado do Rio de Janeiro para serem mobilizadas", disse o ministro Alexandre Padilha, que acompanha a comitiva presidencial à região, em nota. A pasta também anunciou hoje o repasse de R$ 8,7 milhões para custear ampliação da assistência hospitalar da região e hospitais de campanha.

Na tarde de hoje, dois voos que saíram de Brasília levaram sete toneladas de medicamentos para o Rio de Janeiro. De acordo com o ministério, são 30 kits de emergência compostos por antibióticos, anti-inflamatórios, antiparasitários, analgésicos, antitérmicos, anti-hipertensivos, ataduras, esparadrapos, luvas, máscaras, cateteres e seringas.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeajudachuvasRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.