Seca faz nível do rio Solimões cair para 71 centímetros

O rio Solimões voltou a descer, depois de uma semana subindo, e chegou hoje a 71 centímetros. Há dois dias o rio estava a 1,17 metro. Neste ano, o nível mais baixo foi registrado em 7 de setembro, quando o rio apresentou a cota recorde de 36 centímetros negativos, na régua do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) em Tabatinga, a 1.105 quilômetros de Manaus.

LIEGE ALBUQUERQUE, Agência Estado

30 de setembro de 2010 | 20h08

A segunda maior vazante já registrada no Solimões pelo CPRM foi em 2005, quando foi registrada a marca de dois centímetros. O rio Negro continua descendo e hoje está a 17 metros. A seca recorde nesse rio foi em 1963, quando o Negro chegou a 13,64 metros.

Tudo o que sabemos sobre:
ambientesecarioSolimões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.