Secretaria confirma 7ª morte por febre amarela no DF

A Secretaria da Saúde do Distrito Federal confirmou ontem mais dois casos de febre amarela no Estado. As vítimas são um homem de 35 anos, que morreu no início do mês, e uma mulher de 26 anos, que conseguiu se recuperar após ser internada. De acordo com a secretaria, com as duas confirmações, sobe para 13 o número de casos da doença no Distrito Federal, sendo que sete resultaram em óbito. No Distrito Federal, apenas quatro dos 17 casos notificados no Estado foram descartados clínica e laboratorialmente. No momento, não há nenhum caso suspeito em investigação. Os locais prováveis de transmissão foram áreas rurais de Goiás e do próprio Distrito Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.