Secretário flagrado com adolescentes volta a Sorocaba

O engenheiro e secretário de Administração da Prefeitura de Sorocaba, no interior de São Paulo, Januário Reina, acusado de crimes sexuais contra adolescentes, foi removido neste domingo, 16, para o Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade onde trabalha, no interior do Estado.

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

16 Agosto 2009 | 13h43

Agentes da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio, do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), flagraram na tarde de sábado, 15, Reina dentro da suíte de um motel em companhia de três meninas. Ele foi autuado por submeter, induzir ou atrair à prostituição alguém menor de 18 anos.

Se condenado, o secretário poderá pegar de quatro a dez anos de prisão. O flagrante ocorreu em um motel no km 28 da Rodovia do Açúcar. As garotas, com idades entre 14 e 15 anos, contaram que receberiam cada uma R$ 100 para fazer sexo com Reina. O engenheiro, as vítimas e os pais dela tinham sido trazidos para a sede do Deic, em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
Sorocabasecretárioadolescentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.