Segunda safra de milho é estimada em 32,6 mi t, segundo Thomson Reuters

A segunda safra de milho do Brasil deverá atingir 32,6 milhões de toneladas em 2012, de acordo com sondagem instantânea realizada nesta terça-feira pela Thomson Reuters com os participantes do painel "Perspectivas dos Mercados de Milho, Aves e Suínos", em seminário promovido pela BM&FBovespa.

REUTERS

22 de maio de 2012 | 17h17

Na temporada passada, o Brasil colheu 21,5 milhões de toneladas na segunda safra, segundo o Ministério da Agricultura.

A colheita na segunda safra, também conhecida como safrinha, deverá crescer este ano com um aumento de área plantada, o uso de mais tecnologia e com um clima favorável até o momento, segundo analistas.

Nesta terça-feira, a Agroconsult estimou a safrinha em 34 milhões de toneladas.

Na amostragem realizada pela Thomson Reuters, participaram 228 pessoas entre analistas, produtores e integrantes do mercado, que estiveram no seminário "Perspectivas para o Agribusiness em 2012/2013", da BM&FBovespa.

Em relação ao consumo interno total de milho, a pesquisa com 231 pessoas, que também participaram do painel, mostrou uma expectativa média de 50,5 milhões de toneladas.

Além disso, os participantes também foram consultados sobre a expectativa para exportação brasileira de milho em 2012. Eles estimaram os embarques em 11,2 milhões de toneladas. Dessa última questão, participaram da sondagem 241 pessoas.

(Reportagem de Fabíola Gomes)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSPESQUISAREUTERS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.