Seguranças de Cabral trocam tiros com bandidos no Rio

Seguranças do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), trocaram tiros com criminosos nesta manhã durante uma tentativa de assalto próximo ao Cemitério do Caju, na Zona Portuária do Rio. O governador, que acompanhou a cerimônia de cremação de Jordana Kfouri Cavendish, uma das sete vítimas do acidente com um helicóptero, na sexta-feira, em Porto Seguro (BA), já havia deixado o local.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

22 Junho 2011 | 11h39

Segundo a assessoria de imprensa do governo, por volta das 9h30, "bandidos que saíram de um beco da Favela Parque Alegria, no Caju, abordaram uma moto descaracterizada da equipe de segurança do governo. Houve troca de tiros e os bandidos fugiram para o interior da comunidade. Ninguém ficou ferido", informou, por nota.

A tentativa de assalto teria ocorrido na Avenida Brasil. Policiais do 4.º BPM, de São Cristóvão, realizaram buscas, mas não localizaram os suspeitos. Ainda de acordo com o governo fluminense, "não havia nenhuma autoridade na comitiva, somente seguranças, que seguiam para o Palácio das Laranjeiras". O caso foi registrado na 17.ª Delegacia de Polícia (DP), de São Cristóvão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.