Seja crítico por um mês

Ainda dá tempo de concorrer a uma das vagas no júri do Prêmio Paladar 2010

16 de setembro de 2010 | 07h39

 

 

 

 

 

Este ano o Prêmio Paladar vai ter leitores no time de jurados. E você pode ser um deles. A ideia surgiu no ano passado, quando convocamos o leitor Flávio Siqueira para uma dura tarefa: ajudar a escolher os melhores pratos de São Paulo.

 

Siqueira, advogado de formação, passou a comer anonimamente em alguns dos melhores restaurantes da cidade. A experiência lhe rendeu a sensação de estar num filme hitchcockiano: "Você se sente como um espião russo em ambiente americano, com uma nova missão a cada dia. Às vezes é preciso comer sozinho ou dizer que está morrendo de vontade de provar tal prato, mesmo que o garçom insista em sugerir a opção do dia."

blog Inscreva-se no blog do Paladar

 

No fim da refeição, quem paga a conta é o Paladar. E o que é preciso para ser um leitor-jurado? "Gostar de comer e ter uma experiência gastronômica fora de casa é fundamental", ensina. Para concorrer a uma das vagas, basta escrever uma crítica pequena sobre qualquer prato que você tenha provado em um restaurante. O que tornou a refeição inesquecível? As texturas e sabores estavam equilibrados? Houve criatividade e bom uso dos ingredientes? Vale falar bem - e também vale falar de experiências desastrosas, aquelas que merecem entrar no rol dos equívocos gastronômicos. Definido o prato, afiada a pena (ou melhor, a tecla), poste a crítica no blog do Paladar (veja o endereço e as regras no box abaixo). Mas se apresse: o prazo para postar termina no último minuto deste domingo.

 

Os autores das melhores críticas serão chamados para uma entrevista, antes de ser escolhidos. "Participar dessa maratona é estimulante, um desafio. Mas também uma grande responsabilidade. Tive de almoçar e jantar mais de uma vez no mesmo dia. Às vezes, almoçava por volta das 11, outras, das 16 horas. E certa vez, tive de jantar à 1 da madrugada, sabendo que teria uma reunião às 8 horas, no interior do Estado", conta Flávio Siqueira. Além de comer, o jurado escreve suas avaliações. "Já estou curioso para saber quais serão os pratos deste ano e estou organizando minha agenda para conciliar compromissos com os almoços e jantares."

 

 

Veja também:

linkHá algo de livre na cozinha da França

linkHumilde sacerdote tri-estrelado

linkBistrô? Vanguarda? Basco?Le Chateaubriand é os três

linkO craque do fogão se chama Pelé

linkYves e Raquel: eles só querem servir bem

linkO Le Fooding não é a nova bíblia da cozinha francesa. Nem quer ser

linkVive la difference!

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.