Sem-terra dão prejuízo de R$ 502 mil a pedágios no PR

A regional paranaense da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) divulgou hoje que o prejuízo com a ocupação de 11 praças de pedágio no dia 17 pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) acarretou prejuízo de R$ 502.230,80. No valor foram computados danos materiais e perda de receita devido à liberação da cobrança de tarifa. A ABCR-PR destacou que as cinco concessionárias que tiveram praças ocupadas - Viapar, Rodovia das Cataratas, Caminhos do Paraná, Rodonorte e Ecovia - devem entregar o levantamento ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para que seja levado em conta quando da discussão sobre o reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos. Apenas a concessionária Econorte não teve nenhuma praça ocupada.

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

22 de abril de 2008 | 17h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.