Sem Wi-Fi, design e teclado são pontos fortes do Touch Dual

O Touch Dual é sem dúvida o smartphone 3G com o design mais charmoso comparado com o formato dos telefones testados. Ele tem poucas teclas aparentes e a tela é sensível ao toque, o que praticamente evita o uso de botões. O smartphone também tem uma parte deslizante com um teclado QWERTY híbrido de 20 botões, ou seja, cada tecla representa duas letras. Ele não tem a mesma facilidade dos celulares grandes, mas quebra um galho para digitar e-mails. O Touch Dual se dá bem para pessoas que querem navegar na internet, gravar arquivos do computador e mandar e-mails. Só que para quem precisa de recursos profissionais avançados, o Touch Dual não é o mais indicado. Ele consegue fazer acesso remoto com a rede da empresa. Fora isso, não tem nada. Ele nem é compatível com internet sem fio (Wi-Fi). Detalhe chato: o Touch Dual tem uma luzinha de indicação de sinal que fica piscando sem parar e não pode ser apagada. Por dentro ele se dá bem. A tela inicial mostra de cara as principais funções: hora, data, mensagens, correio de voz e compromissos. Ao clicar nos outros ícones da tela, você vê a previsão do tempo e ainda tem atalhos para entrar nos programas mais utilizados. Se preferir, pode acionar uma janela em formato de cubo que também acessa as ferramentas. Como o smartphone vem com o sistema Windows Mobile 6.0 instalado, a sincronização com o Outlook é perfeita, já que ambos programas são da Microsoft. Dá até para transferir os e-mails gravados no computador. Ler e editar documentos do Office também é fácil. A configuração automática das contas de e-mail foi bem com o Gmail, mas com o Yahoo! foi preciso configurar manualmente os dados do servidor. PREÇO | R$ 1.119 (sugerido) OPERADORA | Tim FREQÜÊNCIA 3G | 2,1 GHz O QUE TEM DE BOM | Design, tela sensível ao toque O QUE TEM DE RUIM | Não tem Wi-Fi

02 Junho 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.