Senado aprova MP que muda regras da poupança

O Senado aprovou nesta terça-feira medida provisória que altera as regras de rendimento da Caderneta de Poupança todas as vezes que a taxa básica de juros do país ficar igual ou inferior a 8,5 por cento ao ano.

Reuters

11 de julho de 2012 | 17h01

O texto da MP 567 irá agora à sanção da presidente Dilma Rousseff.

Pelas novas regras, que entraram em vigor no início de maio, todas as vezes que a taxa Selic ficar igual ou inferior a 8,5 por cento, a remuneração da poupança será de 70 por cento do juro básico mais a Taxa Referencial. Atualmente, a taxa básica de juros está em 8,5 por cento ao ano, mas a expectativa é de que o Comitê de Política Monetária (Copom) anunice nesta noite um corte para 8,0 por cento ano .

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; Texto de Eduardo Simões)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICAMPPOUPANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.