Sequestradores dizem ter repelido tentativa do Exército da Argélia de invadir cativeiro

Militantes islâmicos fortemente armados disseram que repeliram uma tentativa do Exército da Argélia de entrar num campo de gás onde eles afirmam manter reféns até 41 estrangeiros, disse a agência de notícias ANI, da Mauritânia, nesta quarta-feira.

Reuters

16 de janeiro de 2013 | 20h17

Citando uma fonte do grupo de militantes ligado à Al Qaeda que reivindicou a autoria da operação em que os estrangeiros foram sequestrados, a ANI disse que os militantes armados trocaram tiros com soldados argelinos, que foram forçados a recuar.

A fonte disse que havia dezenas de militantes armados, tanto com armamento leve e pesado, incluindo morteiros e mísseis antiaéreos.

(Reportagem de John Irish)

Tudo o que sabemos sobre:
ARGELIASEQUESTRADORESREPELEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.