Sequestradores pedem pizza e são descobertos em SP

Grupo era formado por três adolescentes, um deles armado, e um jovem de 22 anos

Zuleide de Barros - Especial para o Estado,

02 de agosto de 2012 | 17h33

Texto atualizado às 22h47.

SÃO VICENTE - O pagamento de uma pizza com o cartão de crédito da vítima de sequestro fez a polícia descobrir o cativeiro de uma estudante em São Vicente, no litoral sul, e prender os quatro sequestradores. Na terça-feira à noite, a universitária de 20 anos foi abordada quando estacionava seu EcoSport na frente da casa de uma amiga, em Praia Grande. O grupo era formado por três adolescentes, um deles armado, e um jovem de 22 anos, Bruno dos Santos Lisboa.

Mais tarde, o irmão da amiga da universitária conseguiu falar com ela pelo celular e ela confirmou que havia sido sequestrada.

Na quarta de manhã, pelo celular da estudante, um dos criminosos pediu resgate de R$ 6 mil. O pai acionou a companhia do cartão de crédito da universitária para tentar rastrear o bando. A operadora confirmou que o cartão havia sido usado para pedir pizzas em uma pizzaria e em outro estabelecimento para comprar lanches.

A polícia fez campana no local onde as pizzas seriam entregues e descobriu o cativeiro. Três suspeitos foram presos em flagrante. Antes, fingindo que pagariam o resgate, policiais haviam apreendido um dos menores que tinham participado da ação. Ele confirmou o local do cativeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
políciasequestropizza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.