Sequóia de 115 metros é o ser vivo mais alto do mundo

Pesquisadores confirmam que uma sequóia chamada Hyperion, numa remota floresta do norte da Califórnia, é a árvore mais alta do mundo, com 115,55 metros. Steve Sillett, professor da Universidade Estadual Humboldt, escalou Hyperion e fez a medição, que coloca a árvore 30 centímetros acima da altura estimada anteriormente.Dessa forma, Hyperion põe de lado a detentora anterior do recorde, uma sequóia de 112,92 metros chamada Gigante Estratosférica.Os cientistas tiveram de esperar o fim da estação de reprodução de um pássaro ameaçado de extinção para escalar Hyperion e medir a árvore, para confirmar seu status de ser vivo mais alto da Terra. Se não fossem os pica-paus que atacam o topo da árvore, Hyperion poderia ter até 116 metros.Os naturalistas que descobriram Hyperion, Michael Taylor e Chris Atkins, disseram que a chance de haver uma forma de vida ainda mais alta são mínimas, porque eles já percorreram 95% do hábitat natural das grandes sequóias. As autoridades não informam a localização exata de Hyperion porque temem que turistas danifiquem a árvore.

Agencia Estado,

29 de setembro de 2006 | 18h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.