Serena supera Henin e conquista seu 5.º título em solo australiano

Em um jogo emocionante e bastante equilibrado, a americana Serena Williams derrotou a belga Justine Henin e conquistou ontem seu quinto título - segundo consecutivo - no Aberto da Austrália ao vencer a adversária por 2 sets a 1 (parciais de 6/4, 3/6 e 6/2). Com a vitória, a atual número 1 do mundo se tornou a maior campeã do torneio na era profissional do tênis (a partir de 1968) e levantou o 12º troféu de Grand Slam da sua carreira.

, O Estadao de S.Paulo

31 de janeiro de 2010 | 00h00

A disputa também marcou o retorno da rivalidade entre as duas tenistas, que nunca tinham se enfrentado em uma decisão de Grand Slam. Este foi o 14º duelo entre elas e, agora, Serena acumula oito vitórias contra seis de Henin.

Foram 2h07min de jogo e muitos lances que empolgaram o público na Arena Rod Laver. No primeiro set, Serena arriscou mais, forçou erros da adversária e garantiu a parcial. Henin reagiu no segundo e, errando pouco, conseguiu levar a decisão para o terceiro set. Com as duas tenistas já habituadas aos saques das adversárias, a parcial foi um confronto de grandes retornos de serviços. Porém, a americana se impôs, mostrou potência no saque e confirmou a vitória. "Foi uma grande final e qualquer uma de nós poderia ter vencido", disse Serena após receber o troféu.

Com o resultado, Henin, que havia se aposentado em maio de 2008, perdeu a chance de coroar seu retorno ao esporte com um título de Grand Slam. Mas a boa campanha na Austrália mostra que voltará a brigar por vitórias. Henin soma sete títulos em torneios deste nível.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.