Serra avalia que medidas contra gripe suína são satisfatórias

O governador de São Paulo, José Serra, disse hoje que as medidas tomadas para o combate à gripe suína são suficientes e satisfatórias. Ele avaliou como "importantes" as medidas anunciadas ontem pela União, como a suspensão de atividades em espaços coletivos onde se constate caso da doença e a medicação apenas para pacientes com a doença comprovada. "Só se deve adotar medidas quando elas se justificam. Caso contrário, apenas contribuem para causar o alarde entre a população", avaliou.

RODRIGO PETRY, Agencia Estado

27 Junho 2009 | 14h00

De acordo com Serra, o governo de São Paulo está trabalhando em conjunto com o Ministério da Saúde. Serra disse apoiar também a recomendação do Ministério da Saúde para que brasileiros evitem viagens à Argentina. "É uma medida de impacto econômico, mas necessária porque quase 40% dos casos são de pessoas que vieram de Buenos Aires", afirmou. Os dados mais recentes apontam 522 casos de pessoas infectadas no Brasil registrados até às 17 horas de ontem, 70 casos a mais do que o registrado na quinta-feira. O Estado de São Paulo foi o que registrou maior crescimento de casos - 43 novas ocorrências -, atingindo 260 no total.

Mais conteúdo sobre:
gripe suínaBrasilSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.