Serra formaliza renúncia ao governo de São Paulo

O governador de São Paulo, José Serra, pré-candidato do PSDB à Presidência, apresentou sua carta de renúncia à Assembleia Legislativa paulista.

REUTERS

02 Abril 2010 | 15h27

O texto de renúncia foi publicado na véspera do feriado no Diário Oficial de São Paulo.

"Tenho a honra de comunicar a Vossa Excelência minha decisão de candidatar-me a cargo eletivo, no próximo pleito de 3 de outubro deste ano", diz o texto.

"Por esse motivo... solicito que seja dado conhecimento à augusta Assembleia Legislativa de que me afasto definitivamente do cargo de Governador do Estado no dia 2 de abril de 2010."

O vice, Alberto Goldman, ex-deputado federal pelo mesmo partido, assumirá o governo paulista até o final da gestão, em dezembro.

A lei eleitoral determina que os futuros candidatos nas eleições de outubro devem deixar cargos executivos até este sábado.

Serra despediu-se publicamente do posto na quarta-feira ao apresentar um balanço de sua gestão diante de milhares de servidores, correligionários e políticos tucanos e aliados no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

O último ato público como governador foi na quinta-feira, quando visitou um ambulatório em Heliópolis, em São Paulo.

O lançamento oficial de sua candidatura à Presidência está marcado para o dia 10, em Brasília.

(Por Hugo Bachega)

Mais conteúdo sobre:
POLITICASERRARENUNCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.