Serra promete construir 400 km de metrô em grandes cidades

Após percorrer trecho em trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, afirmou que, caso eleito, fará um programa de construção de 400 quilômetros de metrô no Brasil.

REUTERS

12 de agosto de 2010 | 19h19

"A minha ideia é fazer 400 quilômetros de metrô a mais no Brasil, principalmente nas grandes cidades", disse o tucano a jornalistas.

Entre as cidades, Serra citou Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Recife (PE), Fortaleza (CE) e Goiânia (GO).

"Em quatro anos, você começa e, em alguns casos, você termina, porque se trata de prolongar, se trata de concluir obras", afirmou, ao referir-se a empreendimentos que, no momento, encontram-se paralisados, como são os casos do metrô em Salvador e Fortaleza.

O candidato falou que o investimento para esse projeto seria em torno de 45 bilhões de reais, montante que viria de várias fontes, como o Tesouro Nacional, Estados, municípios, financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), além de financiamento externo e de recursos da iniciativa privada.

"Dá perfeitamente para fazer isso nos próximos anos", acrescentou.

O tucano afirmou ainda que o governo federal precisa ter um plano para construir metrô em cidades com mais de 500 mil habitantes, porque, de acordo com ele, isso reduziria os gastos com desapropriações, ficando as obras mais baratas.

(Por Fernando Cassaro)

Tudo o que sabemos sobre:
ELEICOESSERRAMETRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.