Serra rechaça envolvimento de ex-secretário em fraude

O ex-governador José Serra rechaçou nesta sexta-feira, 08, a possibilidade do envolvimento do ex-secretário de Finanças na gestão Kassab, Mauro Ricardo, na quadrilha suspeita de fraudar o recolhimento do Imposto sobre Serviços (ISS) e de desfalcar os cofres municipais em ao menos R$ 500 milhões. "Imagina. É um homem público brasileiro de alta qualidade, íntegro e competente", disse.

CARLA ARAÚJO E PEDRO VENCESLAU, Agência Estado

08 de novembro de 2013 | 21h48

Serra ressaltou ainda que tem confiança em Ricardo. "Ele é ligado a mim. Me acompanhou no Ministério do Planejamento, na Saúde, no governo e na Prefeitura", afirmou. Questionado se o escândalo poderia desgastar alianças partidárias, Serra afirmou que muitos tentam fazer "marketing" com os escândalos. "E é inegável que isso gera confronto entre partidos", completou. O ex-governador frisou ainda que não há acusações contra Ricardo. "É apenas uma gravação, não é uma acusação", disse, durante evento da Juventude do PSDB em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
prefeitura spfraudeserra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.