Serra sancionará benefícios para servidores da educação

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), vai sancionar hoje um plano de benefícios para servidores da educação, segundo a Secretaria de Estado da Educação. Os projetos, já aprovados pela Assembléia Legislativa, prevêem a antecipação de parte do Bônus Merecimento ainda neste mês, incorporação de gratificações, abertura de vagas para concursos e o pagamento em dinheiro de 30 dias da licença-prêmio.Estima-se que 290 mil funcionários da secretaria recebam o adiantamento do bônus ainda neste mês, o que deve consumir cerca de R$ 300 milhões. O restante será pago no início do próximo ano. Quantos às incorporações, previstas para serem iniciadas em novembro deste ano, o Plano de Valorização será incluído nos vencimentos de profissionais na ativa e aposentados do Quadro do Magistério (professores). Os integrantes do Quadro de Apoio Escolar (secretários, merendeiros e inspetores) terão direito à incorporação da Gratificação Suplementar. Segundo a secretaria, haverá concursos para a contração de 2.545 secretários de escola e 372 supervisores de ensino. Também serão selecionados 12 mil professores e coordenadores para a rede estadual em concurso interno a ser realizado até dezembro deste ano.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

15 de outubro de 2007 | 18h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.